Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais

 

O Brasil derrotou o Japão por 1 a 0 nesta segunda-feira (06), com gol de Neymar Jr., de pênalti. Com o resultado, a Seleção Brasileira terminou a Data Fifa de junho com duas vitórias em dois jogos. Antes de vencer os Samurais Azuis, o Brasil também superou a Coreia do Sul, por 5 a 1.

No amistoso contra o Japão, o técnico Tite usou, pela primeira vez, um quarteto de frente formado por Lucas Paquetá, Neymar Jr., Raphinha e Vinicius Jr. no time titular da Seleção Brasileira. Com boas movimentações e trocas de posições, os quatro criaram várias oportunidades na vitória do Brasil por 1 a 0 no Estádio Nacional de Tóquio.

Depois da partida, Paquetá falou sobre sua movimentação durante o jogo, que incluiu momentos atuando dentro da área, como um atacante, e outros mais centralizado, como um meia.

“Eu comecei por dentro, jogando mais recuado. É como eu falo, estou sempre disposto a ajudar a Seleção e meus companheiros”, afirmou Paquetá.

Com a bola na maior parte do tempo, o Brasil sofreu resistência da forte defesa do Japão, que muitas vezes se posicionou com os dez jogadores de linha atrás da bola. Paquetá garantiu que a Seleção esperava esse comportamento dos japoneses, e destacou o trabalho do Brasil para encontrar o gol.

“Foi um jogo difícil, sabíamos que a equipe do Japão viria bem fechada, que ia ser esse grau de dificuldade. Mas tivemos paciência para buscar o gol. As chances foram criadas e com o pênalti do Neymar a gente conseguiu sair com a vitória”, concluiu.

O Brasil derrotou o Japão por 1 a 0 nesta segunda-feira (6), com gol de Neymar Jr., de pênalti. Com o resultado, a Seleção Brasileira terminou a Data FIFA de junho com duas vitórias em dois jogos. Antes de vencer os Samurais Azuis, o Brasil também superou a Coreia do Sul, por 5 a 1.

Amistoso da Seleção Brasileira: Brasil x Japão no Estádio Nacional de Tóquio (Créditos: Lucas Figueiredo/CBF)

Teste – Uma vitória “simples”, mas um teste importante. Foi assim que o zagueiro Marquinhos avaliou a vitória da Seleção Brasileira por 1 a 0 no amistoso desta segunda-feira (6) contra o Japão, no Estádio Nacional de Tóquio.

Em entrevista dada após o apito final, o defensor destacou que, na Copa do Mundo, nem sempre a Seleção irá jogar bem, mas que o time precisa sempre estar pronto para sair de campo com os três pontos.

“O resultado está aí. Às vezes, o resultado não é brilhante, mas a mentalidade é de jogo de Copa do Mundo, e às vezes na Copa do Mundo tem que fazer o 1 a 0 e levar a classificação para casa”, afirmou Marquinhos, que ressaltou as dificuldades impostas pelo Japão na partida:

“No começo, a gente acabou errando alguns passes, erros que deram confiança para o Japão. A bola estava rápida, o campo estava rápido. Foi um jogo muito bom para a gente, um teste, com dificuldades. O Japão é uma equipe que está pronta para o Mundial”, analisou.

Amistoso da Seleção Brasileira: Brasil x Japão no Estádio Nacional de Tóquio (Créditos: Lucas Figueiredo/CBF)

Neymar – Enfrentar o Japão tem sido sinônimo de boas recordações para Neymar Jr. Nesta segunda-feira (6), o atacante fez o único gol do Brasil na vitória por 1 a 0 sobre os Samurais Azuis, em amistoso disputado no Estádio Nacional de Tóquio. O camisa 10 da Seleção Brasileira soma nove gols marcados em cinco partidas diante dos japoneses.

A marca faz do Japão a maior vítima de Neymar Jr. na Seleção Brasileira. Os nove gols representam mais de 11% de seus 74 tentos com a Amarelinha. O gol desta segunda-feira também contribuiu para outra marca do atacante. Nas cinco partidas que disputou contra os japoneses, Neymar deixou seu gol.

A primeira delas foi em 2012, quando fez um doblete para dar a vitória ao Brasil por 2 a 0. Na Copa das Confederações, no ano seguinte, abriu o triunfo por 3 a 0 com um golaço em Brasília. O destaque do retrospecto fica por conta de um amistoso disputado em outubro de 2014, em Singapura. Na ocasião, Neymar fez todos os quatro gols na goleada por 4 a 0 da Seleção. Em novo amistoso, dessa vez realizado na França, em 2017, o atacante fez um dos gols do Brasil no 3 a 1 sobre o Japão.

Confira os jogos de Neymar Jr. contra o Japão, sua maior vítima pela Seleção Brasileira

(Com informações da CBF)

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.